2016

2016

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Noticias

Depois do fim-de-semana anterior ter participado numa Maratona, Xavier o "Tubarão", volta aos treinos em estrada para participar no próximo fim-de-semana nas duas provas- a de Brasfermes e a da Gadanha d'Aquem. Não está fora de hipóteses a sua participação em Palma de Maiorca.

-------------------------------------------------------------------------------------

Luís achado dos viveiros irá se estrear este fim-de-semana no BTT, nomeadamente na Maratona dos cinco cumes, prova organizada pela Associação de Ciclismo do Minho.

-------------------------------------------------------------------------------------

As equipas Viveiros Vítor Lourenço e Xyami Cozinhas que iriam participar na Volta a Palma de Maiorca, já não vão participar.

-------------------------------------------------------------------------------------

Mais uma vez um atleta do Póvoa Clube BTT, irá correr numa prova internacional, César Mendonça irá participar na volta a Palma de Maiorca. Entretanto irá participar no Circuito da Gafanha d'Aquem no dia 25 e no dia 30 irá participar no circuito noturno das Festas de Santo Cristo em Porriño-Espanha.


António Moreira

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Fotos da prova Autoeuropa

Click to play this Smilebox scrapbook
Create your own scrapbook - Powered by Smilebox
This free scrapbook design personalized with Smilebox

Fotos da prova de estrada da Bélgica

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Free slideshow design made with Smilebox

classificações da prova das Muralhas


Noticias

Este fim-de-semana irão haver 3 corridas. A 1ª dia 24 em Orense/Espanha- um circuito de 2km, pouca informação tenho sobre ela. A 2º dia 24 é um circuito realizado em Brasfermes, organizado pelo Arménio Alves, com a partida prevista para as 16:30h e é uma corrida clandestina. A 3ª é no domingo da parte da manhã irá realizar-se o já tradicional circuito da Gafanha D'aquèm, também uma prova clandestina e tem duas vertentes uma de 60km para os veteranos de mais idade e outra uma distancia de 100km para os mais novos. O percurso é sempre a rolar e cada volta tem 10km. As inscrições revertem para os Bombeiros Voluntários da localidade.

António Moreira

sábado, 17 de setembro de 2011

Crónica de Famalicão

17 de Setembro-Seide/Famalicão

Hoje realizou-se o circuito dos Camilianos. Um circuito acessível, sem grandes dificuldades, o único s era depois do empedrado uma curva à direita que tinha alguma areia que fazia perigar alguns ciclistas menos experientes. De resto, como é apanágio deste grupo recreativo dirigido pelo Mansilhas e da Associação do Minho, o circuito estava bem organizado, opinião da maioria dos ciclistas presentes.
Foi uma tarde de ciclismo que começou com a corrida dos Cadetes, depois dos Júniores e depois de Masters e Elites Amadoras.
Quanto à nossa corrida teve um pelotão bastante preenchido com cerca de 54 atletas. è pena que equipas das vizinhanças não tivessem comparecido. Como é habitual começou-se com um ataque logo à partida que em pouco tempo foi anulado. Sempre que um atleta tentava escapar-se uma equipa perseguia e anulava, este "método" foi utilizado durante toda da corrida.
Dos atletas mais fortes e candidatos ao triunfo como Luís Machado e José Rodrigues ainda tentaram escapar-se ao pelotão, mas este não deixou levar avante os seus intentos.
A chegada foi marcada por uma queda bastante violenta, em que praticamente alguns atletas tiveram de parar. Os que iam na frente passaram ilesos a este incidente e mais uma vez, como já é habitual, Luís Machado dos Viveiros Vítor Lourenço ganha esta prova ao sprint, relegando para segundo lugar José Rodrigues do Vitória, Campeão Nacional A.
Da minha parte, fiz uma corrida razoável, fazendo 3º na minha categoria.E hoje dou por terminada a minha época de estrada.

António Moreira

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

5º Circuito Terras de Camilo-Informação

5º Circuito Terras de Camilo

Hora Sábado, 17 de Setembro • 15:00 - 18:00
________________________________________
Local Seide São Miguel- Vila Nova de Famalicão
________________________________________
Criado por Crc Famalicão

________________________________________
Mais informação cadetes- 8 voltas
juniores-10 voltas
elites amadoras, veteranos- 15 voltas
3,25 km cada volta

Ranking actualizado




Ranking actualizado-equipas


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Crónica do 8º Circuito das Muralhas-Évora

Quero agradecer ao Tiago Camacho por se ter disponibilizado para elaborar esta crónica.
António Moreira

8º Circuito das Muralhas

Um pelotão com 53 unidades e num percurso de 85,3km, que não foi feito em circuito mas sim estrada e 4 metas volantes. A corrida foi muito parada até ao km 20 quando da aproximação da 1º meta volante em São Brissos ao km 23,5 Rui Rodrigues (Peçamodovar) ataca e leva consigo Gualdim Carvalho (Fundiarte) na roda e juntam-se mais 6 atletas que fazem a fuga do dia, a vantagem nunca foi mais de 1m15s e rodou cerca de 40 km na frente do pelotão comandado pela equipa do CC Azeitonense. Depois da 2º meta volante ao km 30 em São Sebastião da Giesteira sai um grupo com mais 8 atletas mas não tem sorte apenas faz com que o tempo da 1º fuga reduza para metade. E na subida de 2,5km para Arraiolos com uma entrada a 8% de inclinação nos primeiros 300m onde se encontrava a 3º meta volante ao km 59,4, a fuga é anulada, o pelotão divide-se em 2 na descida para Ilhas e começaram as tentativas de fuga, passada a 4º meta volante ao km 69,4 em Graça do Divor sai do pelotão César Mestre (CR Chão das Donas) e Célio Simões (Vulcal) que conseguiram uma vantagem máxima de 15seg sendo alcançados já dentro da cidade de Évora a 3km da chegada graças à perseguição da equipa Peçamodovar/ CB Almodôvar. Na chegada Rui Rodrigues (Peçamodovar) vence com 9seg sobre João Coelho (CR Chão das Donas) e 10seg sobre Gualdim Carvalho (Fundiarte). Apesar de ter sido em cima da hora a mudança do circuito para a prova em linha foi bastante positivo pois as estradas estão em muito bom estado, pouco trânsito e com muita gente espalhada pelo trajecto, um aspecto engraçado mas também muito contribuiu para o espectáculo da corrida foi as metas volantes serem em topos. É de dar os Parabéns há organização pois estava tudo muito bem organizado e também ao Sr Caetanita (Master C) pela vitória no seu escalão.
Classificação Geral MV’s
1º Rui Rodrigues (Peçamodovar)
2º Vitor Araújo (Individual)
3º César Mestre (CR Chão das Donas)

Classificação Geral Equipas
1º Peçamodovar/ CB Almodôvar
2º CR Chão das Donas
3º Fundiarte/ C. Agricola



Elites
1º Davide Garrido (Fundiarte/ C. Agricola)
2º Claudio Trancadas (CC Azeitonense)
3º João Portela (Peçamodovar/ CB Almodôvar)

Master A
1º Rui Rodrigues (Peçamodovar/ CB Almodôvar)
2º João Coelho (CR Chão das Donas)
3º Gualdim Carvalho (Fundiarte/ C. Agricola)

Master B
1º Luís Gomes (Fundiarte/ C. Agricola)
2º João Marques (Individual)
3º Vitor Faria (Peçamodovar/ CB Almodôvar)

Master C
1º Manuel Domingos Caetanita (Individual)
2º Francisco Romão (Atlético SC)
3º Elisio Almeida (Individual)

Tiago Camacho

domingo, 11 de setembro de 2011

Diário do Campeonato do Mundo-Bélgica

Domingo, 11 de Setembro.
Manhã muito chuvosa com muita trovoada, mesmo assim eu e o meu colega de treino, o Novais, decidimos ir de bicicleta até à partida que ficava a cerca de 15 kms. A chuva não parava.
A primeira prova, onde correu o nosso colega Vítor Lourenço, foi marcada pelo azar e pela tristeza, em que a 1.800m da chegada, devido à chuva, o Vítor caiu 3 vezes, estas quedas tiraram-lhe o 3º lugar, medalha de bronze, tendo sido a ultima queda a que lhe tirou o lugar. Mesmo magoado e com a bicicleta danificada ainda fez um honroso 9º lugar.
Quanto à minha corrida onde se correu a idade 40/44, foi uma corrida muito rápida cheia de ataques, ao ponto de apanhar a outra corrida dos mais novos, que tinha iniciado 2 minutos antes da nossa. Nesta categoria Luís Machado faz 5ºlugar, fazendo uma corrida espectacular.
Quanto à minha prova creio que fiz uma boa prova. Praticamente todas as subidas passeias bem, a não ser a ultima subida, conhecida pela estrada de Merckxx, que praticamente a fiz parado pois eram 21% e eu já não tinha muita força, de lembrar que as outras subidas eram todas para 10% para cima. Devido ao dia anterior ter caído e às quedas que haviam, fazia as descidas e as curvas sem arriscar e foi aqui que ia perdendo algum tempo. Na geral fiz 99º e na minha categoria fiz 21º.
Nesta prova alinharam 297 corredores nem todos chegaram ao fim. O meu parceiro de treino, Novais faz 92º da geral e 26º na sua categoria. Fez uma belíssima prova visto que faz muitas poucas corridas.
Em todas as provas houve muitas quedas que fizeram as ambulâncias não terem mãos a medir havendo mesmo uma que o atleta teve de ser helitransportado
Creio que os atletas lusos deram o seu melhor dignificando o nome dos seus clubes e principalmente o nome do seu pais.
No fim da prova eu e o meu parceiro viemos a descomprimir até ao alojamento. Depois de chegarmos fomos fazer uns banhos de hidromassagem para recuperar.
Espero que tenham gostado das minhas crónicas, até 3ª feira.

António Moreira

Classificação da Bélgica + 45




Classificação geral do Campeonato do Mundo- Bélgica





sábado, 10 de setembro de 2011

fotos de hoje

Click to play this Smilebox photo album
Create your own photo album - Powered by Smilebox
This photo album created with Smilebox

Diário do Campeonato do Mundo-Bélgica

Sábado-10/09/2011

Hoje o dia amanheceu com um céu um pouco nebulado mas depois abriu atingido 28º.
O inicio do treino não começou bem escorreguei numa passadeira que estava molhada, apesar de ir de vagar tive algumas escaramuças na anca e no ombro direito, rasgando as calças e o colete.
O treino teve uma duração de 4 horas sempre em 39. Hoje tive a companhia do Colega Rui Novais de Vila Real que ficou hospedado connosco. Andei a mostra-lhe parte do percurso e depois fomos fazer a subida que fica a 4km da chegada, que foi baptizada pela estrada de Eddy Merckx, que tem uma variante de 12% na parte menos inclinada e de 21% na parte mais inclinada, com uma extensão de 2km. Vai ser uma prova bastante difícil, esperemos que não chova.
Depois do almoço descansamos e fomos fazer uma visita turistica pelas redondezas.Agora é preciso descansar bem durante a noite, tomar uma boa refeição de manhã e depois é o que Deus quiser e as pernas derem.

António Moreira

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Fotos do Contra-relógio - Bélgica

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
This picture slideshow personalized with Smilebox

Classificação do contra-relógio-Bélgica

Diário do Campeonato do Mundo-Bélgica

Hoje foi o primeiro dia de competição, foi o contra-relógio individual com cerca de 20km.
A temperatura estava boa mas esteve uma manhã muito chuvosa e com algum vento.
Levantei-me cerca das 9h e tomei um bom pequeno-almoço, depois descansei um pouco visto que só partia às 12:12h. Optei por trazer a este Mundial a minha Carrera mas as rodas com que corri são umas rodas que normalmente são suplentes pois um pouco pesadas.
Antes do contra-relógio fiz cerca de 35kms com algumas series na parte final.
Devido à chuva e eu não sou um bom contra-relógio não quis arriscar muito pois também não trouxe nem a bicicleta de contra-relógio nem outra bicicleta. Pois verifiquei que houve muitas quedas e algumas com bastante gravidade.
Durante o percurso a rolar dei de máximo 36h,nas subidas como me sentia bem conseguia superar o tempo dos outros, mas em algumas curvas bastante apertadas onde se deram as quedas eu quase parava a bicicleta para que não me acontecesse nada. A parte onde tive mais dificuldades e a bicicleta fugia, era o empedrado para a chegada que todos conhecem da televisão.
o tempo que fiz foi 34:50:04 a cerca de 05:37:95 do primeiro da geral. Ficando na minha categoria em 12º e na geral( dos 200 participantes) em 92º.
Depois da prova ainda fiz mais 20km de bicicleta, um bom banho e uma boa refeição e pus-me até às 6 da tarde a dormir, há ainda vi o final da etapa da vuelta.
Amanhã será um treino de recuperação, pois tenho a prova de estrada no domingo, e uma piscininha sem excessos.

António Moreira

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Noticias

Preve-se que Humberto Xavier regresse às competições, nomeadamente à volta de Palma de Maiorca. Este atleta irreverente é bem-vindo.

António Moreira

Diário do Campeonato do Mundo-Bélgica

1º dia Stavelot/Trois-Pont/Vielsalm

Hoje fiz cerca de 3h de bicicleta, tudo em 39. Fiz uma grande parte do percurso onde se irá realizar o Campeonato do Mundo de Estrada. Vai ser muito difícil, visto que há muitas rampas que variam dos 13% até aos 20% e como quem sobe desce, existem descidas muito vertiginosas.
Hoje o dia, da parte da manhã, esteve nebulado e com chuviscos, se chuver na prova vai ser muito complicado. A tarde esteve chuvosa e a temperatura desceu e por isso estive a descansar até ir ao secretáriado levantar as minhas credenciais, por volta das 17:30h.
Tive o prazer de andar por sítios onde se faz a prova de Liége/Bastogne/Liége, tanto rampas em alcatrão como em paralelo- não vai ser uma prova fácil.
Amanhã irei fazer o Contra-relógio, mas vou fazê-lo como um treino mais forte- nem sequer trouxe bicicleta de C/R.
Da comitiva portuguesa está cá a equipa dos Viveiros, um atleta do Póvoa mais a directora desportiva e mais dois individuais.
Tenho a lamentar que apenas estejamos 9 atletas portugueses, depois ter terem sido seleccionados tantos na prova de Évora e para não falar dos convites que a federação e a organização em Portugal tiveram.
As instalações que a organização propôs aos atletas, irei tirara fotografias para verificarem que são do melhor.
Quanto ao local onde a prova se vai realiza é muito bonita, com uma natureza luxuriante. Terra com grande história das duas guerras mundiais e religiosa, com muitos monumentos aos mortos e agradecimentos pela libertação e apelos à liberdade dos homens. Com muito material de 2º guerra devido à invasão alemã.
Amanhã descreverei mais.

António Moreira

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Classificações da Autoeuropa




Informação

A última prova de pista para a Taça de Portugal, que estava marcada para para o próximo dia 24 de Setembro, foi adiada para uma data a determinar em Novembro.

António Moreira

Fotos de Avelar

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Free slideshow created with Smilebox

Noticias

Se há uns dias a trás o atleta César Mendonça do Póvoa Clube BTT esteve vários dias na Áustria a disputar algumas corridas para a Taça do Mundo. Hoje, eu António Moreira irei representar o Póvoa Clube BTT nos Campeonatos do Mundo na Bélgica, tanto na prova de contra-relógio como na prova de fundo.De realçar que a minha participação foi por convite da UCI, uma vez que um dos convites que a UCI mandou para a Federação Portuguesa um deles já vinha em meu nome.

António Moreira

Crónica da prova de Nossa Senhora da Guia

Domingo,4 de Agosto, Avelar-Ansião

Realizou-se 39º Circuito Nossa Senhora da Guia.
Esta prova é uma prova bastante antiga no nosso calendário, é um circuito sempre a rolar onde existem duas curvas bastante técnicas que obrigam os ciclistas a parar praticamente as bicicletas e terem que arrancar como se de um sprint se trata-se, numa deles originando uma queda se grandes consequências.
Esta prova teve uma fraca afluência de atletas devido a existir em simultâneo uma clandestina que dava muito mais dinheiro que esta prova e esta já dava muito dinheiro. Mas apesar disso não deixaram de estar presentes os dois melhores atletas do nosso pelotão, acompanhados pela sua equipa-Viveiros Vítor Lourenço.
Visto que o pelotão era composto por atletas mais medianos, os Viveiros só tinham os dois atletas do Grândola-David Garrido e Gualdim Carvalho, e dois atletas do Benfica de Pataias- André Filipe (que viria a sofrer uma queda) e Bruno Sousa.
Esta corrida foi dominada por completo pelos Viveiros, apesar dos 4 atletas mencionados anteriormente terem dado luta.
A vitoria coube a Luís Machado que mais uma vez provou que é o melhor atleta do nosso pelotão e a melhor equipa foi os Viveiros que no global ganharam quase tudo o que havia para ganhar.
Lamenta-se que a comissão de festas tenha feito um esforço para fazer uma prova destas e que tenha tido pouca afluência, pois os prémios eram convidativos e monetários. Havia prémios para os 9 primeiros da geral e para os 3 primeiros de cada categoria, para a volta mais rápida e para a volta mais lenta.

António Moreira

segunda-feira, 5 de setembro de 2011